Categoria Artigos

porErik Lobinho

Eisbock, a cerveja congelada

Recentemente realizei uma brassagem de uma Eisbock com meu irmão Wesley, e após postar o vídeo no nosso canal do Youtube, fiquei surpreendido por muitos não conhecerem o estilo. Então, resolvi criar este artigo para detalhar mais o estilo.

Se desejar assistir ao vídeo da brassagem da nossa Eisbock, ele estará no final do post.

História da Eisbock

Eisbock, pronunciado “ice-bock”. Esta cerveja surgiu na Alemanha na década de 1890. Em suma, esta cerveja geralmente começa como uma cerveja Doppelbock, então é congelada o suficiente para que a água se cristalize e se separe dos sólidos e do álcool e, em seguida, a essência rica da cerveja é drenada produzindo uma cerveja doce e muito alcoólica. Com quase nenhum amargor.
Ler mais

porAlex Rodrigues do Nascimento

Fermentação Ale X Lager, na prática

Diferença de fermentação Ale e fermentação Lager

Inicio minha participação neste projeto trazendo parte de um trabalho que iniciei nos últimos meses, falando sobre fermentação.

Dois galões de cerveja de fermentação diferentesOlá cervejeiros!
O foco principal das minhas postagens visa facilitar o acesso dos cervejeiros caseiros brasileiros ao amplo material em inglês disponível na internet sobre homebrewing, em especial sites dedicados a experimentos cervejeiros, como o Brülosophy e o Braukaiser.

Trarei aqui as traduções e adaptações que tenho publicado no meu blog: https://alexcraftbeer.wordpress.com/.

Ler mais

porGui Came

Trip Cervejeira Beudos Nojentos – Parte 1

Aqui vai um breve relato da produção de cerveja que foi realizada no meio de uma trip cervejeira apelidada de “Beudos Nojentos Trip”, por motivos que se mostrarão óbvios no decorrer do relato, entre este que vos escreve Gui Came e Thiago Dumorro, respectivamente Came Bier e Brejaria Dumorro.
Tudo começou com dois feriados em sextas-feiras seguidas (14 a 23 de Abril), um maluco de férias e o outro com banco de horas no serviço. Após algumas horas no Google Maps e Facebook, foi traçada a rota e os pontos para visita.

Mapa com a rota da trip cervejeira

Mapa do roteiro cervejeiro

    1. Belo Horizonte – Ouro Preto (105 Km)
    2. Ouro Preto – Capitólio (370 Km)
    3. Capitólio – Araxá (340 Km)
    4. Araxá – Divinópolis (340 Km)
    5. Divinópolis – Catas Altas (240 Km)
    6. Catas Altas – Belo Horizonte (120 Km)

Total de 1515 Km + 85 Km de andanças e caminhos errados = 1600 Km

Ler mais

%d blogueiros gostam disto: