Brassagem na Cervejaria Gotter! tretas continuam

porbeerbot

Brassagem na Cervejaria Gotter! tretas continuam

O que aconteceu:

Envelhecer cerveja em barris onde foram envelhecidas previamente outras bebidas é uma roleta Russa. Dois problemas principais podem ocorrer e são muito difíceis de detectar antes de colocar algo para fermentar ou maturar lá dentro.
O primeiro é a contaminação. Mesmo barris que foram usados para envelhecer bebidas destiladas, que em tese não teriam nenhum microrganismo residual podem ter contaminação durante seu manuseio, estocagem a seco ou transporte até o destino final. E uma vez contaminado, pode ser impossível descontaminar um barril. Não podemos simplesmente adicionar ácido peracético ou outro sanificante, pois atacaria a madeira também! Podemos fazer a limpeza com vapor, mas os microrganismos são bons em se esconder nos poros da madeira!
A segunda coisa que pode acontecer está associada à porosidade. Toda madeira é porosa, e permeável ao oxigênio. Existe troca constante do que tá dentro e o que está fora durante todo o período de maturação, e isso é esperado e tem até nome: microoxigenação. Não chega a oxidar a cerveja pois é tão pouco que é consumido pelos microrganismos antes. O problema maior é que ocasionalmente, alguma parte do barril pode ter uma porosidade maior, seja por falhas na madeira, acondicionamento ou motivos diversos e nesse caso, a oxigenação pode passar a ser relevante, tendo dois efeitos principais: Oxidar a cerveja ou a produção de ácido acético a partir do metabolismo do álcool.
Mesmo com chances muito pequenas de algum desses dois fatores acontecerem, a cervejaria nos informou que aconteceram. Os dois.
Depois de envelhecer por alguns meses a cerveja passou a ter forte caráter acético. Foi muito triste, pois foi a cerveja feita com os ingredientes mais exóticos e difíceis de conseguir, como as favas de baunilha e os nibs de cacau.
Como sempre, mais uma decisão tinha que ser tomada, e tínhamos dois compromissos a honrar: com a qualidade prometida e com a satisfação de quem contribuiu com o BSL.
Então deixaremos duas opções para quem apoiou a Gotter. A cervejaria vai rodar um novo lote, mas essa cerveja é demorada, precisa para maio/abril. Se você quiser a cerveja e não se importar de esperar esse tempo, ficaremos muito feliz em tentar fazer a melhor cerveja possível, honrando o que foi discutido na live. Se for muito tempo para esperar, entendemos também e apoiamos sua decisão e ressarciremos os custos da cerveja, basta mandar um email para o socialbeers ou pra mim (alkohulschool@gmail.com) informando.

Agradeço imensamente a todos que contribuíram com o projeto e com a construção das cervejas e peço desculpas por fazer vocês esperarem.

Comente!

Comentários!

Sobre o Autor

beerbot author

O mais rápido compartilhador de beernews!

%d blogueiros gostam disto: